Me perdi em mim.
Não sei mais onde estou.

Se estou sozinha, ou se

Alguém me encontrou.

Procurei sozinha não vagar,
No escuro quis me encontrar
Mas como posso parar
Se so sei me isolar


Me perdi no meu vazio.
E no lamento do coração;
No escuro de minha alma
E nessa eterna solidão.


Não me encontro sozinha

Mas me enxergo vazia

Queria qualquer sentimento.

Queria qualquer lamento


Queria a penas sentir

Queria apenas saber

Se vale a pena existir.

Ou se o bom mesmo é morrer


Caminhei a muito sozinha

Caminhei num mundo distante

Andei léguas e léguas

Seguindo só horizonte


Perdida em mim mesma estou.

Me diga pra que parar,se aquilo


Que eu mesma busco

Não posso em mim encontrar
Menina caminha ao me lado

Me leva deste lugar...


Ando contigo sozinha

Com medo de acordar

Queria meu mundo normal

Mesmo que momentâneo

Se vale a pena ser viva.

Que não seja no mundo estranho
Acordo e olho adiante

Parei apenas um instante


Meus passos se recomeçam
Meu caminhar pro horizonte
Meu mundo assim tão distante

Me faz pensar e chorar
Sozinha eu vou encontrar

Saída deste lugar


[by Luna]

2 Comentários:

Fernández disse...

Simplismente lindo! Parabéns pelo talento. E não se importe se aguém falarv o contrario.

Morbid Poet disse...

Nossa dessa vez você conseguiu me deixar sem palavras...Nossa esse poema passa uma energia...Me fez viajar para longe...
Lu dessa vez vc arrasou muito lindo mesmo...Adorei esse poema muito...Bjs como sempre eu digo o que procura esta dentro de ti e essa luz esta saindo

Postar um comentário